sábado, 12 de abril de 2014

Autoconhecimento nunca é demais

Que atire a primeira pétala de rosa quem não está em busca do autoconhecimento. Saber nossos pontos fortes e fraqueza nos dão segurança para lidarmos com as adversidades e situações da vida. 

Tenho pensado seriamente neste tema nos últimos meses e jamais me darei por vencida enquanto não encontrar aquele projeto B que durmo e acordo pensando todos os dias.

Ganhei um livro do novo programa do RH, onde gestão é dada pelos pontos fortes de cada um e não o gerenciamento das fraquezas. Achei inteligente este pensamento e questiono por que nenhum ser havia pensado nisso antes?

Bem, depois de fazer o teste, lá vão as respostas. São 34 características, na qual o teste de fornece suas 5 mais dominantes. As minhas:

CARISMA: realmente adoro conquistar e estar com as pessoas. Por que não sorrir para derreter um coração de gelo? Conhecer pessoas novas, conversar sobre temas diversos é delicioso.

CRENÇA: sou motivada pelos meus valores e confiança. O significado do trabalho representa bem mais do que o dinheiro nesta vida. Nada faz sentido sem um objetivo maior por trás que move tudo.

ESTUDIOSO: Sim, adoro os livros e a academia. Gosto de conversar com os professores (aliás, já fui a queridinha de muitos), de aprender coisas novas. De realizar trabalhos, ampliar conhecimentos e agregar sempre, cada dia mais.

INDIVIDUALIZAÇÃO: gosto de observar as pessoas e as diferenças que há entre elas. Adoro ouvir novas histórias, entender suas personalidades e lidar de forma diferente com cada uma delas.

POSITIVO: sou um poço de energia positiva, entusiasmo, contágio e coisas boas. Meu copo está sempre meio cheio, quando não, totalmente cheio. Vazio, jamais!


Pensando bem, não entendo pouco de mim mesma. Ao olhar a descrição do meu perfil que escrevi quando lancei o blog, vi muito em comum:

Feliz (positivo), inteligente, ansiosa, sentimental (carisma e individualização), vaidosa, brava, CDF (estudioso), indecisa e justa (crença), como uma boa libriana.

Próximos passos: o que fazer com tudo isso agora?






from i can read


Nenhum comentário:

Postar um comentário