terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

O nada

Às vezes dá uma vontade de jogar tudo para o alto e realmente parar.
Parar de pensar, de correr, de fazer sem saber se vai dar certo, de sonhar, de ir atrás, de abstrair.
Bem que eu queria por um momento ser uma garotinha mimada que recolhe seus brinquedos e diz que não quer mais brincar e vai embora.
De sair, de largar, de deixar as coisas acontecerem sem o olho diário para que elas evoluam.


Dias melhores virão, com certeza.
Afinal, o que seriam dos dias bons sem os dias ruins?





Olhando tudo do alto. Com certeza a visão é mais ampla.
Créditos: site farmrio

Um comentário:

  1. Sempre q precisares to aqui ein!?! Seja qual horario for....
    Amanha podemos marcar algo no final da tarde e comecinho de noite!?!
    Bjinhos

    ResponderExcluir