domingo, 8 de janeiro de 2012

Meu Habitat

Quando a gente é mais novo, quer sair, não pára em casa e fica muito mais horas por aí do que por aqui.


Depois que eu mudei para minha querida casa para morar com meu namorado, isso há exatos 2 anos e 3 meses percebi que minha concepção de ficar em casa mudou bastante.


Em primero lugar, amo minha casa! Longe de mim de dizer que não gostava da casa antiga, mas é que essa é minha (e dele, é claro). 
Passei a ter um espaço maior do que o território do meu quarto, a ter mais responsabilidade, desde deixar a casa limpa e em ordem no dia-a-dia até mantê-la financeiramente.


Lembro até hoje como chegamos aqui. Depois de muitas visitas a apartamentos feios, sujos, sem sol e paredes pichadas, simpatizamos com o prédio e mesmo sem placa alguma de apartamentos vagos, perguntamos para o porteiro se tinha. Ele comentou que no prédio dele não, mas que talvez tivesse no do lado. O segundo prédio é irmão gêmeo do outro, mas melhor. Não só porque é o nosso, mas porque ele tem uma área de lazer que, mesmo que não a usufrua, pelo menos está ali no dia que eu precisar.


Marquei a visita numa segunda-feira e saí mais cedo do trabalho para vir até aqui junto com o cara da imobiliária.
Saí do elevador e já adorei o andar, piso de porcelanato. (Depois descobri que este piso + um espelho gigante só tem no nosso andar!!) Ao girar a chave, percebi que o batente estava com a madeira um pouco arranhada, mas tudo bem.


Quando ele abriu a porta e eu adentrei, senti um negócio.
Todo limpinho, branquinho, o carpete de madeira estava perfeito, e ainda por cima tinha uma sanca de gesso em toda a sala, impecável.
Hack embutido na parede, uma varandinha linda de granito.
Lavabo (um luxo!)
2 quartos + o de empregada
Quarto suficientemente grande para acomodar uma cama Queen
Suíte
Vaga na garagem (é uma só, mas tá valendo)
Chuveiro à gás (sempre quis ter)
A cozinha linda, cheia de armários e prateleiras para colocar meus temperos e potinhos
Uma vista incrível e longe o suficiente do prédio da frente para poder me trocar de janela aberta sem problemas


Enfim, era esse!


O cara da imobiliária falava e falava e eu nem o escutava, só ficava pensando em não demonstrar para ele o quanto eu tinha gostado daqui para ele não aumentar o preço!


No dia seguinte o Du veio aqui e teve a mesma impressão.
Em menos de uma semana, ele já era nosso. Quanta felicidade!


A mudança foi razoavelmente rápida e percebi o quanto de trecos que a gente acaba acumulando nesta vida achando que um dia desses a gente vai precisar, quando na realidade, a gente nem lembra que está lá.


Minha irmã me emprestou a Parati dela e num final de semana eu trouxe minhas tralhas em pelo menos umas 4 viagens.
Depois veio o carreto com o sofá, famoso "caixote", que era da minha mãe e ela gentilmente nos doou.
Ganhamos a geladeira dos pais dele, a máquina de lavar roupa (minha fiel companheira!) dos meus pais, o microondas da minha irmã e a torradeira da irmã dele.
Como foi perto do meu niver, naquele ano ganhei de presente um monte de coisas para casa.
Herdamos o sofá (como já falei), o fogão já tinha (pois ele é embutido), trouxemos nossa TV de tubo do quarto e ele comprou a cama, a tal cama box que ele tanto queria com o colchão ortopédico, que simplesmente é a melhor e mais cheirosa do mundo!
Como já sabia que íamos mudar em breve, fui olhando as oportunidades e comprei algumas coisinhas de cozinha, além de ter ido ao Pari e à Etna algumas vezes.


Fora os souvenirs que compramos na nossa viagem à Europa já pensando na nossa futura casa.
E sem contar minha mãe e sogra queridas que vira e mexe me dão alguns acessórios indispensáveis para casa.


Enfim, mudamos sem ter praticamente nada, só o suficiente para para sobrevivermos.
Internet, telefone fixo, TV à cabo, era simplesmente luxo.



Fomos aos poucos comprando as coisas maiores, mesa de jantar, trocamos o sofá, armário e por aí vai...


Foi assim que tudo começou.


2 anos e tanto depois vejo nitidamente o quanto evoluímos juntos, nossa casa está 100% montada, tem a nossa cara e é linda.


Neste início de ano, resolvi me dedicar ainda mais à minha casa querida e já comecei a fazer faxina em tudo. Está na hora de renovar aquelas coisas que estão guardadas, reciclar e abrir espaço para as coisas novas. Serão muito benvindas!




A vista - dia & noite



A sala (a foto é um pouco antiga, já mudaram algumas coisas)



Lavabo - detalhe das fotos que tiramos nas nossas viagens e o espelho eu que fiz com jornal italiano


P.S.: aos amigos e família que quiserem vir, venham mais e venham sempre! Sempre vai ter uma cerveja gelada e um queijinho brie prá petiscar! :)

Um comentário:

  1. Seu habitat é LINDO!!!!!!! Like you!!!!
    E eu topo um encontrinho aí ein!?!
    Saudades de vc!
    1555 Beijos

    ResponderExcluir